Cultura Russa

 A religião ortodoxa chegou na Rus Kievana em 988. Antes disso era o paganismo e a religião foi parecida com religião dos índios no Brasil. Hoje em dia muitos rituais pagãos se misturaram com religião crista, mesmo que durante época soviética tentaram destruir os ambos. Uma das tradições antigas é a noite do Ivan Kupala que é uma das principais celebrações do calendário dos povos eslavos que coincide com nascimento do São João Batista. Os rituais pagãos foram proibidos pela igreja ortodoxa, mas muita gente, especialmente os jovens, comemoram esse dia como uma festa cheia de alegria, sem qualquer implicação Leia mais


 Enquanto os brasileiros na época da Páscoa se presenteiam com ovos de chocolate nos países eslavos curtem outros costumes mesmo que o ovo continua ser presente como símbolo de vida e nascimento. Pissanka (писанка em ucraniano pêssanka, em russo píssanka) é o ovo de Páscoa que hoje em dia considera-se como uma obra de arte popular da Ucrânia. É um país com sua cultura rica e com muitos costumes preservados desde época do paganismo e integrados na religião cristã. Existe cerca de 100 símbolos que aplicam nos ovos de galinha com cera e tintas naturais como as mensagens. Cada símbolo leva Leia mais


 É considerado que no dia 23 de Fevereiro de 1918 as tropas da Guarda Vermelho ganharam suas primeiras vitórias em Pskov e Narva sobre as tropas regulares da Alemanha Imperial. Estas primeiras vitórias se tornaram o “aniversário do Exército Vermelho”. Desde 1946, este dia de comemoração foi nomeado como Dia do Exército Soviético e da Marinha. Em 1922, esta data foi declarada oficialmente como Dia do Exército Vermelho. Mais tarde, dia 23 de Fevereiro foi comemorado anualmente na União Soviética como um feriado nacional – Dia do Exército Soviético e da Marinha. Após o colapso da União Soviética, a data Leia mais


ano-novo-russo-17
ano-novo-russo-18
ano-novo-russo-19

 Antigamente todos nós enviamos via correio cartões postais parabenizando um ao outro com Ano Novo. Essa costume já quase foi embora, mas você pode enviar para seu amigo, colega ou parente um cartão de Ano Novo russo por e-mail.  


Cheiro do Ano Novo…

Categoria: Cultura Russa
Comentários: 2

 Todos nós gostamos do Ano Novo (Новый год – Nóvêy Got) e estamos esperando com ansiedade esta festa mágica. De que os russos, que comemoram o Ano Novo fora do seu país, sentem falta?  Cheiro … Sabor … Algumas pequenas coisas que um estrangeiro pode nem perceber … Tudo isto sempre traz boas lembranças da infância, da terra natal … O que é o cheiro do Ano Novo? Ele fica pairando no ar nos dias que antecedem a festa, e se satura, e se complementa com diferentes aromas todos os dias. Tudo começa com o cheiro de geada na parte Leia mais


Vamos recortar Flocos de Neve?

Categoria: Cultura Russa
Comentários: 2

 Por mais de 100 anos na Rússia, Ucrânia, Belarus e outros países eslavos, na véspera do Ano Novo, as crianças e adultos decoram suas casas não somente com brinquedos comprados nas lojas, mas também com decorações caseiras. Uma delas é fazer flocos de neve de papel. Os flocos de neve são o símbolo do inverno e férias da estação, tão aguardadas  por crianças e adultos. Eles podem ser recortados em folhas de papel ou em guardanapos e colados nas janelas, pendurados na árvore de Ano Novo ou montados em guirlandas. Sim, sim, lá o pinheiro é a árvore de Ano Leia mais


Curiosidades sobre a Matrióchka

Categoria: Cultura Russa
Comentários: 1

 Matrióchka é um conjunto de bonecas ocas feitas de madeira de tamanhos decrescentes colocadas uma dentro da outra. É uma das lembranças mais tradicionais russas, trazida como um suvenir por quase todos os turistas. No entanto, nem sempre os próprios russos saberiam contar sua história. Matrióchka é ainda uma menina. Nasceu só em 1890. Existe uma possibilidade não confirmada que seu protótipo foi a figura de uma divindade japonesa Fukurokuju. O fato é que os criadores da primeira Matrchióchka foram o torneiro Vasíli Zviózdochkin que criou o molde de madeira e o artista Serguéi Malútin que pintou sobre ele uma Leia mais


Balalaica

Categoria: Cultura Russa
Comentários: 1

 Balalaica é um instrumento musical de três cordas, parente do violão e do cavaquinho. Considerado tipicamente russo também é bastante comum na Bielorrússia, Ucrânia e Cazaquistão. Uma das primeiras menções escritas sobre Balalaica data do início do século XVIII e relata a briga entre dois cocheiros que apanharam de Balalaica da terceira pessoa. Aliás, naquela época, o instrumento era oval e não triangular como hoje. Engana-se quem pensa que existe uma única versão da Balalaica, aquela vendida nas lojas de souvenir. No final do século XIX, depois de décadas de existência como um instrumento do povo, tornou-se parte integrante de Leia mais


Uma Paixão por Cogumelos

Categoria: Cultura Russa
Comentários: Nenhum

 Que imagens vêm a sua cabeça quando pensa sobre a Rússia, Ucrânia ou outros países do antigo bloco soviético? Aposto que nenhuma delas inclui cogumelos. Se podemos dizer que a maioria dos russos só viu os ursos em zoológico, não sabe dançar daquele jeito agachado, não tem Matrióchkas ou Balalaikas em casa, no entanto, a maioria deles ama cogumelos. E eu sei que soa estranho. Durante o período entre julho e outubro, quando termina o verão e começa o outono várias pessoas começam a ficar “loucos”. Conheço algumas mulheres elegantes que no final de semana se transformam em malucas obsessivas Leia mais


Porque os russos não sorriem

Categoria: Cultura Russa
Comentários: 17

 Por que os russos não sorriem? Muitas vezes ouvimos essa pergunta vinda de pessoas de outros países. Será que os russos realmente sorriem menos que os italianos, os americanos ou os brasileiros? Em várias culturas ocidentais, quanto uma pessoa é apresentada a outra, ambas sorriem. Esse gesto é visto como um sinal de simpatia e de boa educação. No sistema comunicativo dos russos um sorriso “por educação” quando reconhecido como tal, é visto com cautela e até mesmo hostilidade. A frase russa “ele sorriu por educação” contém um ar de reprovação. Um sorriso educado constante pode ser chamado de “дежурная Leia mais