Raças de cães russos

No mundo há mais de quatro centenas de raças de cães; porém, não existem muitas raças originárias da Rússia. Aqui estão as mais populares.

 

“Cão do Borzoi do russo” (“Русская псовая борзая”)

русская псовая борзая 500

90 quilômetros por hora é a velocidade que pode desenvolver o cão desta raça. Este cão tem pernas longas e muito pouco peso (só sobre os 30 quilos). Os primeiros cães desta raça apareceram no reinado do Rei Ivan Terrível (Иван Грозный). Os cachorros foram usados, e são usados até os dias de hoje para a caça. Hoje em dia, você não verá está raça nas ruas de grandes cidades russas, mas sim, em aldeias.

 

“Cão de pastor caucasiano” (“Кавказская овчарка”)

кавказская овчарка

Um dos maiores cães do mundo. O peso deles ao nascerem, é maior do que o um bebê recém-nascido. Aproximadamente, lá pelos seus dois anos de idade, seu peso pode chegar até os 125 kilos. Ao longo do tempo, foram aumentando o seu tamanho, devido a algumas situações adversas que passaram. No Cáucaso eles guardavam as pessoas de ataques de outras tribos, bem como proteger as ovelhas de predadores. Atualmente, eles são usados para o serviço de guarda.

 

“Cão de pastor europeu do leste” (“Восточно-Европейская овчарка”)

восточно-европейская 500

Uma mistura da pastor alemão e Husky. A mais famosa raça na Rússia. Desde os tempos soviéticos eles trabalham na polícia, à procura do explosivos e drogas. Hoje, o cão de pastor do leste europeu é mais frequentemente usado com um cão-guia para cegos.

 

“Região de cão de guarda” (“Московская сторожевая”)

московская сторожевая 500

Depois da Grande Guerra Patriótica na Rússia, mantiveram-se os cães de grande porte. Importar raças provenientes de países estrangeiros era muito caro. Por isso as autoridades soviéticas definiram uma tarefa de cruzar raças diferentes para obter o cão de guarda feroz. Uma cópia do S.Bernard ainda é usado na guarda.

 

“Hound russo” (“Русская гончая”)

русская гончая 500

Oficialmente está raça não existe mais. Mas existem alguns boatos de que ainda possam existir em algumas aldeias.  Era uma raça muito resistente e bom para caça. Usavam-se mais de um, para poderem sercar a presa, até que o caçador chegasse e capturasse a presa.

 

“Terrier brinquedo russo” (“Русский той-терьер”)

400 toy

Terrier de brinquedo russo, que anteriormente eram utilizados para a captura de ratos, hoje, já não são utilizados para mais nenhuma função específica. O máximo que eles podem fazer é perfeitamente complementar a sua imagem, dentro da sua bolsa.

last

🙂

Se você gostou deste artigo e gostaria de aprender mais sobre a cultura russa e seu idioma, você pode fazer nosso curso de russo

Andrei Tarasov
Andrei Tarasov

Nasceu em 1989 na cidade de Izhevsk, Rússia. Desde os 17 anos trabalhou no jornal local de sua cidade e aos 19 anos mudou-se para viver em Moscou, e passou 6 anos na televisão trabalhando como repórter e redator. Mora no Rio de Janeiro desde 2014. Ama aviões, gatos, e claro, jornalismo.