Podemos brincar com neve no Brasil?

Morando no Brasil eu sinto muita falta das brincadeiras do inverno, principalmente nos dias bem quentes. Para algumas brincadeiras até que pode dar um jeito no Brasil. Pode ser que elas não vão trazer frio para seu corpo, mas garanto que vão trazer sensação refrescante ou, pelo menos, diversão alegre. Além disso nossos filhos estão de férias e precisa de inventar algo para descarregar toda essa energia que acumula se todos os dias, pois na escola todo dia tinha amigos e atividades.

1. A diversão que vai ser difícil para substituir no Brasil é andar de treno.

inverno na Rússia

Aliás, nem sempre descemos dos morros ou ruas inclinadas de treno. Antigamente na escola em vez de mochilas usamos maletas ou pastas. Elas eram muito boas para se sentar e descer pela superfície congelada. Claro, que a mamãe não podia ver porque ia brigar sobre pertences estragados. Mas nem brigava muito porque acho que na infância fazia mesma coisa e foi também escondido. Pena que não tem mais como perguntar minha avó sobre isso.

1.2
Mas pensando bem, se você está passando férias num sítio e tem um morro coberto de grama vai ser muito divertido descer de papelão! Que tal?

1.3
2. Mais uma coisa que está difícil para imaginar no Brasil é andar de esqui. Os passeios invernais pela floresta com garrafa térmica de chá e alguns petiscos na mochila fazem muita falta.

andar de esqui
Se não tinha garrafa térmica sem problema podiam acender fogo e derreter neve numa panelinha, ferver, colocar folhinhas secas de chá e a bebida quente está pronta para te esquentar. Nossa, na época nem pensamos que essa neve poderia ser suja. Nesse momento nos imaginamos assim.

2.2.1

Mas na verdade era bem assim.

IMG_3519web

 

Agora tudo isso faz muita falta, mas, do outro lado, salva de alguns exageros. Imagine que na programação da cultura física na determinada aula tem avaliação de esqui: 3 km para meninas e 5 para meninos, mas … a neve resolveu não cair nesses dias. Você acha que você vai matar aula? Nem pensar!

2.3

Poderiam colocar essa diversão no exército no Brasil. Além da força física treina imaginação.

2.4

3. No inverno foi muito gostoso andar de patins de gelo. Eu acho que em qualquer cidade no inverno montavam uma pista de gelo. Na minha escola sempre congelavam em estádio.

3.1

Patins de gelo podem ser substituídos por patins de rodas. É um pouco diferente, mas também vai ser bem divertido.

3.2

Jogar o hóquei (хоккей / hakyéy – em russo) vai dar um pouco de trabalho para produzir клюшка (klyúchka) enquanto em vez de шайба (cháyba) pode usar uma bolinha.

3.3

4. Mas tem muitas brincadeiras que dá para fazer aqui no Brasil lembrando do inverno de verdade. Uma delas é snyéchki (снежки em russo e em ucraniano é sníchkê – сніжки). Você monta bolinha de neve e joga no seu amigo para atingir.

4.1

Não tem neve? Mas tem outras bolinhas! Que tal de bolinhas de meias? Tem brancas? Melhor ainda! Não tem amigos? Mas tem papai! Com certeza que ele vai adorar essa brincadeira! Só tome cuidado para não quebrar nada de vidro, então na hora de brincadeira é melhor retirar tudo que pode se quebrar.

4.2

Também pode usar bolinhas de papel amassado.

4.3

Ou se a mamãe sabe fazer tricô ou crochê ou costurar tem como fazer bolinhas de neve permanentes e inventar outros jogos com elas, por exemplo, atingir um balde ou outro alvo.

4.4 4.5

5. Mais uma brincadeira é construir duas fortalezas uma na frente da outra e jogar snyéchki se escondendo atrás das paredes.

5.1

Não tem neve, mas tem almofadas ou travesseiros, então podemos construir uma fortaleza e jogar bolinha de neve improvisadas. Normalmente as mamães não gostam muito as brincadeiras desse jeito, mas os papais devem adorar.

5.2

6. Tomar chá de água derretida não foi a única diversão ligada com milhões de bactérias dentro dos nossos organismos. Acho que tudo mundo na infância já chupou sassúlyka (сосулька em russo e em ucraniano escreve-se igualmente, mas a pronúncia é sossúlyka) arrancada de um telhado ou calha ou outro lugar onde podia descer água e congelar. Nem tem uma palavra em português para essa água que congela pingando, então não é qualquer um gelo. Agora imagina que seu filho está chupando um pedaço de gelo da rua na época de 10 ou mais graus negativos. Coitada da minha mãe e todas nossas mães! Ninguém consegue explicar por que fizemos assim, mas foi muito divertido!

6.1

Estamos no Brasil onde não tem sassúlyka (que bom!), mas fazer um gelinho, aliás de água limpa e até com sabor, é fácil. Só pegar forminhas ou pequenos copos descartáveis de café, colocar suco com palitos de sorvete e deixar no frízer. Só não pode deixar seu filho comer gelinhos depois de uma atividade física bem ativa para não ficar com dor de garganta. Precisa um pouco resfriar e tomar água.

6.2

7. Na nossa infância construímos também casinhas de neve. Hoje em dia tem até formas para montar blocos e construir um iglu.

casa de neve

Enquanto no Brasil não tem neve pode fazer uma casinha de papelão.

7.3

Ou pode construir uma barraca cobrindo com os lençóis brancos a mesa na sala. Ou pode montar algo bem maior! Dentro da barraca vai ser bem legal colocar uma colcha com almofadas e fazer piquenique com gelinhos coloridos e um desenho temático.
7.2
8. Todos conhecem boneco de neve. Em russo é снеговик (snyegavík) e em ucraniano é сніговик (snirrovêk).

8.1

Já pensou em fazê-lo sem neve? Se você está na praia é bem fácil.

8.2

Com copos descartáveis e um grampeador vai ser bem fácil. Se não tem touca do Papai Noel emprestem um chapéu do papai e em vez de cenoura pode colar no lugar de nariz um cone de papel laranja.

boneco de neve

8.4

9. Os flocos de neve que é snyejênka (снежинка) em russo ou snijênka (сніжинка) em ucraniano são incríveis, de sua forma e beleza. A foto não é minha, mas eu também podia observá-los horas com uma lupa. É impossível achar duas iguais.

9.1

Pena que no Brasil não tem essa beleza, mas podemos recortar de guardanapos diversos tipos de flocos de neve. Pode até colar no vidro da janela com água misturada com detergente. Depois vai ficar fácil para lavar. Seu filho vai olhar pela janela imaginando neve. E pode ser que você também voltar a ser criança.
9
10. Mais flocos de neve? Que tão de fazer uma guirlyánda (гирлянда – em russo, ou rêrlyánda em ucraniano com mesma escrita) de pipoca? Além que está bem divertido, depois pode fazer competição quem come uma dessas mais rápido.
10
11. Você está passando férias na praia com seus filhos? Podemos usar areia em vez de neve. Além de construir fortalezas podemos “fazer um anjo” na areia.

11.1

Não está bem legal usar areia para jogar snyéchki, mas está na hora de relembrar matéria da aula de biologia. Seu filho vai adorar de fazer pegadas de bichinhos na areia, ou até pode fazer pegadas de um trator.

11.2

Ou pode brincar de labirinto.

11.3

12. Pode desenhar imagens com neve e também pode fazer algumas obras de arte colando papel colorido, arroz e outros graus ou massinha.

12.4 12.3 12.2 12.1
13. A época de gelo é bem curiosa e interessante. Que tal de congelar um brinquedo e depois enquanto está derretendo deixar seu filho adivinhar o que está dentro?

13

14. E o mais interessante é que curtindo inverno nós sempre esperamos verão sonhando quando que finalmente vai acabar este frio.

14

Se você gostou deste artigo e gostaria de aprender mais sobre a cultura russa e seu idioma, você pode fazer nosso curso de russo

Snizhana Maznova
Snizhana Maznova

Estou no Brasil a partir de 2006 e sinceramente posso dizer que adoro esse país com sua cultura tão rica e povo tão simpático. Meu pai é russo e minha mãe ucraniana com raízes da Polônia e Grécia. Até terminar época soviética vivi viajando entre Rússia e Ucrânia e considero os dois países como minha pátria. Além ministrar cursos de idiomas, trabalho como tradutora de russo e ucraniano. Atuo também como intérprete em reuniões entre brasileiros e pessoas da Rússia e Ucrânia, na área turística e viagens de negócio, e assistência para estrangeiros na abertura de empresa no Brasil e pesquisa no mercado etc.