🇷🇺 Salada Russa ou Olivier

Salada RussaSalada “Olivier” (оливье, pronúncia: aliv’yé) é uma salada popular nos países da ex-União Soviética, que é considerada como um prato festivo e tradicional no Ano Novo. No exterior, esta salada é conhecida como a “salada russa” ou “salada de batata” (geralmente sem carne e ervilha).
Ele recebeu este nome em homenagem ao seu criador, o Chef Lucien Olivier, que tinha em Moscou no início dos anos 60-s do século XIX um restaurante de cozinha parisiense “Ermitagem”. O edifício do restaurante se reservou, isto é o prédio № 14 no Bulevar Petrovsky, na esquina da rua Neglinnaya; agora lá estão uma editora e o teatro. Inicialmente o francês inventou para o restaurante um prato chamado “Maionese de volatórios” que não era uma salada. Método de preparação deste prato ele mantinha em segredo, e com a sua morte a receita secreta foi considerada como perdida. No entanto, os principais ingredientes eram conhecidos em 1904.

Então, Olivier usava:
• carne cozida de dois galos silvestres, Restaurante Ermitagem
• uma língua cozido de vitela,
• 100 gramas de caviar pressionado preto,
• 200 gramas de alface,
• 25 lagostins cozidos ou 1 lata de lagosta,
• meia lata de pepinos bem pequenos em conserva (picles),
• meia lata de soja Cabul,
• 2 pepinos fresco fatiados,
• 100 gramas de alcaparras (um tipo de legumes farpado, cujos brotos florais conservam),
• cinco ovos cozidos picados.

Ele temperava este prato burguês com molho provençal, que estava preparado no vinagre francês, duas gemas de ovos frescos e 400 gramas de azeite provençal de oliva. O principal segredo do sabor surpreendente de salada foi uma pequena quantia de certos temperos que Olivier colocava pessoalmente na sua maionese na sala secreta. A composição de tais condimentos ninguém conseguiu descobrir.
Receita fácil de “Olivier” surgiu entre os emigrantes pobres russos, que fugiram após a revolução de 1917, como um triunfo das donas de casa imigrantes que queriam, assim que possível, imitar as receitas à moda antiga. Assim esta simples salada “do emigrantes” voltou à URSS da França depois da 2ª Guerra Mundial, como resultado da expansão de contatos diplomáticos com a Europa, e especialmente abundante após o 6⁰ Festival Mundial de Juventude e dos Estudantes em Moscou, em 1957.

Ingredientes: Ingredientes para salada russa
• 5 batatas,
• 2 cebolas,
• 3 cenouras médias,
• 2 pepinos-picles,
• 200 gramas de carne de ave cozida,
• 1 xícara de ervilhas verdes,
• 3 ovos cozidos,
• meia xícara de maionese de azeitona,
• Sal e pimenta a gosto.

Preparação. Usam legumes frescos de tamanho médio. Cozinhe e limpe as batatas e cenouras. Todos os ingredientes corte em cubinhos pequenos de tamanho igual, misture e tempere com maionese, decore com salsa.
Frequentemente em vez de carne de ave usam mortadela ou linguiça. Em vez de pepinos-picles pode adicionar azeitonas picadas.

Se você gostou deste artigo e gostaria de aprender mais sobre a cultura russa e seu idioma, você pode fazer nosso curso de russo

Snizhana Maznova
Snizhana Maznova

Estou no Brasil a partir de 2006 e sinceramente posso dizer que adoro esse país com sua cultura tão rica e povo tão simpático. Meu pai é russo e minha mãe ucraniana com raízes da Polônia e Grécia. Até terminar época soviética vivi viajando entre Rússia e Ucrânia e considero os dois países como minha pátria. Além ministrar cursos de idiomas, trabalho como tradutora de russo e ucraniano. Atuo também como intérprete em reuniões entre brasileiros e pessoas da Rússia e Ucrânia, na área turística e viagens de negócio, e assistência para estrangeiros na abertura de empresa no Brasil e pesquisa no mercado etc.

  • Thiago

    Muito bom o artigo. Pretendo fazer esse prato caso minha aula de alimentos e bebidas do curso de turismo permita.