Teatro Mariinsky (Мариинский театр)

Escrito por Marion Nicard des Rieux

Como grande protetora das Artes, a Imperadora Catherine II (1729-1796) encomendou em 1783 a construção de um grande espaço para a realização de espetaculos e o architeto italiano Antonio Rinaldi (1710-1794) planejou um local que foi nomeado Imperial Bolshoi Kamenny Theatre, sendo que “Bolshoi ” e “Kamenny ” significam respectivamente, em russo “grande” e “pedra”.

mariinsky-theater

Em 1836 o “Grande teatro de pedra” foi restaurado por Alberto Cavos (1800-1863) e em 1849 recebeu um vizinho com a inauguração de uma instalação projetada pelo mesmo arquiteto: O circo eqüestro. Porém, o circo abandonou rapidamente o espaço e em seu lugar e foi contruído uma Opera que em 1859 foi severamente danificada em um incendio e que teve todas as suas instalações reconstruídas, ampliadas e embelezadas.

Em 1860, o recém inaugurado teatro recebeu o nome de Théâtre Mariinsky em homenagem a esposa do Tsar Alexandre II (1818-1881), Maria Alexandrovna (1824-1880) e recebeu sua primeira Ópera : “A vida para o Tsar”. Foi somente em 1886 que o teatro ganhou sua característica faixada verde.

Mariinky inside

Considerada uma das mais lindas do mundo, a sala do Mariinsky com seus assentos de veludo azul é absolutamente suntuosa e praticamente inalterada até hoje. A mesma ainda possui verdadeiras obras-primas entre as quais os Atlantes e Cariátides que apoiaram o camarote do Czar.

A história do Ballet no Teatro Marrinski é intimamente ligada à evolução da arte coreográfica na Russia. À partir do seculo XVIII, mestres de ballet estrangeiros e russos trabalharam em Sao Petersbourg mas a real “virada” aconteceu com a chegada de Marius Petipa(1818-1910) em 1869 no cargo de principal mestre de ballet. Graças a sua colaboração com grandes composidores tais como Tchaïkovski (1840-1893) e Glazounov (1865-1936), algumas das maiores obras-primas nasceram, dentre elas: Lago do Cysne (1875-1876)*, A Bela Adormecida (1888-1889) e Raymonda (1898).

*O Lago do Cysnes foi criado em 1875 por Tchaïkovski mas o coreográfo da época, Julius Reisinger, dividiu a partitura e apresentou em 1877 no Teatro Bolshoi de Moscou uma versão “genérica” da obra. Apenas em 1894, Petipa consegue que o ballet inteiro seja reaprensentado no Mariinsky em comemoração da morte do Tchaikovki, pois até então apenas o segundo ato era exibido.

Com a Revolução, o teatro perdeu várias de suas estrelas da companhia e foi batisado em 1935 como “Kirov”, em homenagem ao Sergey Mironovich Kirov (1886-1934), primeiro secretário do partido comunista de Leningrad que não tinha nenhuma ligação com o ballet. O teatro teria o seu nome de origem novamente em 1991.

Em 1978, Valery Gergiev foi nomeado como chefe do teatro, que ainda era chamado na época de “Kirov”. Desde então ele se dedicou inteiramente ao teatro.

Dez anos atrás, o governo russo deu à Valery a missão de elevar o Mariinsky às alturas dos principais palcos internacionais lhe dando pleno poder sob a orquestra, Ópera e ballet. Graças as colaborações internacionais tais como o Covent Garden, o New York Metropolitan e La Scala, em Milão, assim como gravações do espetáculos, Valery tournou Saint Petersburg uma das maiores cidades de música do mundo.

Para Valery Gergiev “Ópera e ballet são as duas asas de um passáro, e essas duas asas devem ser coordenadas exatemente ao mesmo nível”.

Em 2002, surgiu a idea de construir uma nova sala para manter Saint Petersburg no nível internacional e porque o teatro original nao podia ser tão bem modernizado. Vários projetos foram analizados, mas as exigencias técnicas e normas russas de seguranças dificultaram a aprovação do projeto, principalemente do teto que tinha que responder a diversas restrições climaticas tais como o frio extremo, peso da neve, calor…

 

E finalmente em 2013 o teatro foi reaberto com um novo nome: Mariinsky II.

Com os seus equipamentos técnicos inovadores, o novo teatro pode receber produções mais ambiciosas que os palcos historicos do Mariinsky. Financiado pelo governo russo, e com uma superficie de 79 114 metros quadrados, o Mariinsky II é hoje uma das maiores instituições liricas do mundo.

Mariinsky-II

Mariinsky-II

Mariinsky-Theatre-and-Mariinsky-II

Mariinsky e Mariinsky-II

Valery Gergiev

Valery Gergiev

Tsar Alexandre II

Tsar Alexandre II

Michael_Glinka

Michael Glinka

Marius Petipa

Marius Petipa

Maria Alexandrovna

Maria Alexandrovna

 

Se você gostou deste artigo e gostaria de aprender mais sobre a cultura russa e seu idioma, você pode fazer nosso curso de russo

Membro do Clube Eslavo
Membro do Clube Eslavo

Eu faço parte do Clube Eslavo e gostaria de compartilhar com todos vocês, que estão lendo este blog, minhas experiências e conhecimentos. Convido vocês a se juntar conosco no grupo no Facebook https://www.facebook.com/groups/cluberusso/ Caso você também ficou com vontade de compartilhar conosco uma coisa interessante envie, por favor, e-mail para contato@cursorusso.com.br e coloque no campo de "assunto" - artigo para Clube Eslavo. Seu artigo vai tirar dúvidas de muita gente ou contar uma curiosidade nova. Você também pode marcar uma entrevista sobre sua experiência e ela será curtida no canal do Clube Eslavo no Youtube e divulgada em outras redes sociais.